DJ Danilo Lima completa 10 anos no comando das picapes

Publicado em 21 de setembro de 2009 por Rodrigo Santos

DJ e produtor paulistano fala sobre uma década vivida na cena eletrônica

Danilo Lima completa dez anos de carreira e relembra os momentos mais marcantes ao longo deste tempo. Um set com os sucessos desta década é o presente que ele preparou aos fãs do Techno, batizado de Ten years on the groove – the influences.

Nestes 10 anos de carreira sem dúvida tem muita história interessante. Danilo Lima começou numa roda de fogo. O DJ Santiago foi um dos grandes culpados para o Danilo ter virado DJ, na época ele ia muito no Kashmir ver Santiago tocar, e uma vez ele deixou o novato virar umas músicas no final da noite.

Algum tempo depois ele virou residente do Club Manga Rosa, e já convidou Danilo Lima para tocar em um novo projeto lá. “Como eu conhecia muita gente legal e tava começando a trabalhar com promoção em São Paulo. Assim eu comecei a tocar profissionalmente, agitei uma galera (quase 300 pessoas) e subi pra tocar no meio dos DJs Santiago, Feio e Rica Amaral, que assumiram logo depois do meu set. Foi engraçado, eu tremia feito vara verde e o Santiago ficou de “iluminador” só consertando minhas cagadas”, relembra.

Depois de alguns poucos anos o Techno surgiu com mais força, e finalmente Danilo se encontrou e foi residente de muitas casas da moda na época como Infinitty, Dolce, Vivo, e muitas outras, além de permanecer na Phoenix do Guarujá e Campos do Jordão. Tocava um pouco de tudo, mas sempre acostumando os ouvidos do público ao groove do Techno.

Com o tempo recebeu muitos convites como a Circuito no Lago com o Vitalic, e o Renato Cohen, o clube Souk no bairro alto em Lisboa, e as apresentações mais recentementes na SPKZ, Clash Club. Sem contar as memoráveis festas de aniversário do Manga Rosa, com os mais renomados DJs: Trevor Rocklife, Ferry Corsten, Saeed Younam e Thomas Schumacher. “Nestas festas a emoção realmente tomavam conta, uma imensidão invadida pelo público, e você tendo a oportunidade de mostrar seu som e fazer aquela multidão dançar”, comentou.

Ao mesmo tempo, com ajuda de um dos maiores nomes da produção musical no Brasil, Rodolfo Wehbba, Danilo comecou a se interessar por produção musical, e de uma idéia no meio de uma balada surgiu o bootleg do hit do do SoundFactory de 1992, “Understand this Groove” que junto ao Wehbba, recriaram em seu estúdio.

A parceria deu certo e fizeram mais uma track chamada “1000 volt” lançada pelo selo Francês AR Series, sub-selo da Adrenaline Records. O que ele mesmo chamou de pontapé inicial foi dado, Danilo Lima fez um curso intensivo com o Wehbba na DUB Music de produção e pós-produção e comecou a produzir seus próprios sons.

O resultado já começou a colher com EPs digitais lançados pelos selos ADS records (Curitiba – Brasil), Ibox Recordings (UK/Espanha), Midisounds Recordings (Itália) incluindo produções próprias e remixes que em ambos os casos chegaram ao topo de vendas de alguns dos melhores sites de venda digital do mundo. Nesta nova fase de produtor, Danilo Lima pretende recriar e criar muitas coisas e trazer sonoridades novas para todos os públicos.

Sobre o set especial de 10 anos:

Danilo Lima foi escolher discos e não tinha pensado em nada. Abriu seu armário e juntou dois cases lotados de vinil.

Chegou no estúdio da Dj Ban (com dois toca-discos technics MK5, mixer pioneer djm 800 e 2 cdjs 400, som de primeira!) e tentou imaginar como começar um set que contasse os seus 10 anos, e comecou fundamentalmente pela suas influências: Altern8, Josh Wink, Jaydee, Laurent Garnier, Dave Clarke, e assim foi rolando.

“O grande lance foi deixar fluir, fui pegando disco por disco e tocando, sem pensar muito no que fazer, e é claro que o filme que você leu acima passou na minha frente”, concluiu.

Ouça o set em http://soundcloud.com/danilolima/danilo-lima-ten-years-on-the-groove-part1

Mais informações:
http://www.myspace.com/deejaydanilolima
http://www.midisoundrecords.com
http://www.myspace.com/midisoundrecords

Publicidade:

Deixe seu comentário

Você precisa conectar-se para deixar um comentário.