Rodeio Itu 2009 – A História dos Rodeios

Publicado em 3 de setembro de 2009 por Rodrigo Santos

logomarca-rodeio-itu-2009.jpgrodeio_itu_2009_adriano_moraes.jpg

Acesse www.internight.net.br/rodeioitu e saiba tudo sobre a Festa do Peão de Itu.

O rodeio tem origem nos EUA. Em meados de 1800, os colonos norte-americanos, depois de vencerem a guerra contra o México, adotaram os costumes de origem espanhola, entre eles as festas mexicanas e a doma de animais. A união destas duas atividades resultou no rodeio. A primeira prova oficial aconteceu em 1869, na cidade de Colorado, no Texas.

No Brasil, o rodeio surgiu em 1956 na cidade paulista de Barretos. Em 1955, a cidade possuía a pecuária como maior atividade econômica. Quando descansavam, os peões da região costumavam testar suas habilidades na lida com o gado. Foi assim que no mesmo ano nascia, numa mesa de bar, o “Clube Os Independentes”. A partir daí, inspirada na lida das fazendas e nas disputas realizadas próximo aos currais, surgiu a Festa do Peão de Barretos, em 1956. E já na primeira festa a principal atração era a disputa entre o homem e o animal.

Barretos tornou-se o principal palco do rodeio brasileiro. Tudo ali realizado servia como modelo para outras cidades que já começavam a promover suas festas. Na década de 60, a agenda de eventos no Brasil era enorme, principalmente no estado de São Paulo. Os peões haviam se transformado em competidores e corriam de uma festa a outra atrás dos prêmios.

Em abril de 2001, a atividade passou a ser reconhecida oficialmente como esporte. O Rodeio tornou-se uma mania nacional que reúne pessoas de todas as idades em torno de um evento que exige coragem, técnica e perícia dos participantes. No Brasil, assim como nos EUA, seu país de origem, o rodeio é um estilo de vida que envolve tradição e modernidade.

E não é só no futebol que o Brasil tem estrelas, Adriano Nunes é tricampeão do campeonato mundial PBR (Professional Bull Riders), principal competição de montaria em touros do mundo. Ele foi o terceiro homem da história do rodeio a montar com sucesso os 10 touros da N.F.R., National Final Rodeo, entrando para o livro dos recordes (Guiness Book). O brasileiro é o único da modalidade a ser homenageado com uma estátua de bronze de quatro metros, destaque nos jardins do Hotel Ceasar Palace, na meca mundial do rodeio, Las Vegas. A história de sucesso do peão virou até livro “Adriano Moraes – minha missão é montar”, que conta a biografia do tricampeão.

Ano passado, entre os 45 peões estão oito brasileiros que foram tentar a sorte em Las Vegas, Estados Unidos, no PBR e foi do Brasil o campeão mundial, Guilherme Marchi, que levou o prêmio mais cobiçado das arenas americanas (US$ 1 milhão). O paulista Marchi, de 25 anos, venceu a competição antes mesmo de chegar à final, graças ao acúmulo de pontos durante o campeonato.

Para celebrar toda esta história a cidade de Itu apresenta a terceira edição de seu Rodeio de 08 a 12 de outubro, apresentando as provas de Montaria em Touro, Team Penning e Três Tambores além de grandes atrações musicais: Hugo Pena & Gabriel, Fernando & Sorocaba, Inimigos da HP, Bruno & Marrone, João Bosco & Vinícius.

Acesse www.internight.net.br/rodeioitu e saiba tudo sobre a Festa do Peão de Itu.

Publicidade:

Deixe seu comentário

Você precisa conectar-se para deixar um comentário.